Vitamina de frutas

Vivemos uma época em que os alimentos passaram a ser demasiadamente questionados.

Os adultos procuram supostos “vilões” para excluírem de sua dieta, como produtos lácteos, glúten, dentre outros, sob a alegação de que assim poderão perder mais peso e serão mais saudáveis, ainda que não possuam alergia ou intolerância a esses alimentos.

As crianças, por sua vez,  estão cada dia mais na mira da publicidade que oferece itens coloridos e chamativos, porém com fragrâncias falsas, corantes, conservantes e produtos cada vez menos naturais. Dessa forma, acabam por rejeitar o alimento real, de verdade, como frutas, verduras e legumes, fazendo, por vezes, birras e pirraças para consumir apenas o que agrada o seu paladar.

Pesquisas recentes mostram, por exemplo, que uma dieta restrita de glúten, sem que haja indicação e acompanhamento médico podem acarretar em doenças como diabetes tipo 2, além de colocar em risco o coração.

Além disso, a falta de consumo de vitaminas e minerais presentes nos alimentos pode reduzir a capacidade imunológica do corpo de adultos e crianças, tornando-os cada vez mais suscetíveis a doenças, desde as mais simples, como um resfriado, até as mais complexas e devastadoras.

Aqui em casa o consumo de verduras, legumes e frutas pelos meus filhos (e por vezes até mesmo da minha parte, em razão da correria do dia a dia) também não é satisfatória. Meu filho mais velho, de uns anos pra cá, passou a ser mais seletivo. Ele, que adorava mamão, não quer nem ver essa fruta na frente dele. A pequena, por sua vez, passou a não comer certos alimentos pelo simples fato de o irmão não querer também.

Eu sempre insisto para que eles provem o alimento que está sendo oferecido antes de recusá-lo, mas quando não tem jeito, precisamos encontrar alternativas, e esse suco é uma delas!

Mais do que um suco, na verdade, essa bebida é uma vitamina rica em diversos nutrientes essenciais para o nosso organismo.

Minha avó já preparava essa vitamina para a minha mãe e os meus tios, e desde então todos a tomamos. Quando a ofereci pela primeira vez aos meus filhos, eles “torceram o nariz”, claro (eita fase chata!), mas resolvemos fazer uma brincadeira com eles para que eles se animassem a tomá-la bem como para que soubessem o que estavam consumindo e entendessem que alguns alimentos que eles a princípio não gostam podem ser deliciosos em certas combinações.

A cada gole eles deveriam adivinhar o nome de uma fruta ou legume ou verdura que estava nessa vitamina. Mas era preciso tomar um (bom) gole antes e apenas um palpite poderia ser dado por gole. A cada acerto eles foram recompensado com uma moeda. A brincadeira deu super certo. No começo eles tomaram a vitamina por interesse nas moedas, mas mesmo após terem acertado tudo, continuaram a beber aquilo que estava no copo e pediram mais!

Então vamos aprender a fazer a vitamina?

Ingredientes:

1/2 beterraba pequena

1 cenoura pequena

1 folha de couve mineira (com talo e tudo)

2 maçãs (com casca mas em sementes)

2 bananas maduras

1/2 mamão papaia (eu prefiro o papaia mas pode usar outro tipo)

2 fatias de abacaxi pérola

400ml de suco de laranja (espremido na hora)

1/2 limão tahiti espremido na hora (se a laranja estiver azeda não é preciso)

Gelo (opcional)

Modo de preparo:

Bata no liquidificador todos os ingredientes. Bata o gelo ao final e sirva.

OBS1: O ideal é beber essa vitamina sem coar, mas as fibras podem incomodar o paladar infantil. Se for este o caso de seu filho, coe o suco.

OBS2: O gelo deve ser batido com o suco ao final (após coado, se for o caso).

OBS3: Seu consumo deve ser imediato, pois com o tempo o mesmo oxidará e não apenas modificará seu gosto como também terá algumas de suas vitaminas comprometidas.

OBS4: Minha avó adicionava ao liquidificador, ainda, um ovo cru. Quando criança eu sempre bebi assim e vou te dizer que não dá pra sentir o gosto do ovo. Contudo, para os meus filhos, prefiro servir sem por conta do risco da salmonela que o ovo cru pode oferecer.

Comida, beleza, diversão e reflexão