Arquivo da tag: #receitinhas

Pancakes

Screenshot_2015-09-13-18-28-15

 

O café da manhã aqui em casa é meio bagunçado durante a semana. Meu marido acorda mais cedo do que todos e acaba comendo (engolindo) algo antes de partir. Eu, que acordo um pouco depois, gosto de tomar o meu café com calma, lendo, em paz e silêncio. As crianças acordam mais tarde um pouco e comem juntas.

Mas no final de semana a gente se reúne em volta da mesa pra um café da manhã em família. E no domingo já virou uma espécie de tradição: é dia de pancakes! A gente adora comer aquelas panquecas tipicamente americanas. Diferentemente das panquecas que comemos no Brasil e que muito se assemelham aos crepes (a massa), as pancakes são grossas e fofinhas, e você pode comê-las com requeijão, manteiga, chantilly, xarope de bordo, calda de chocolate… mas a gente gosta mesmo é com geleia ou mel! Experimenta aí na sua casa e depois me conta como (e com o que) foi…

Ingredientes:

1 1/2 xícara de farinha de trigo
3 1/2 colheres (chá) fermento
1 colher (chá) sal
1 colher (sopa) açúcar
3 colheres (sopa) manteiga (derretida)
1 ovo
1 1/4 xícara de leite
1 colher (chá) essência de baunilha

20150905_101028Modo de preparo:

Misture a farinha, o açúcar, o fermento e o sal em um recipiente.

Em outra tigela, misture o ovo, a manteiga, o leite e a baunilha. Após misturar bem, adicione aos ingredientes secos.

Unte e aqueça uma frigideira pequena. Adicione cerca de 1 concha (ou um pouquinho mais, dependendo do tamanho da concha e da frigideira) e aguarde até que a panqueca comece a secar nas bordas e estourar bolinhas em cima. Vire-a e aguarde poucos minutos, até dourar um pouco.

Dica1: Você ainda pode fazer mini pancakes, para um picnic ou para o lanche da escola das crianças. Coma enquanto ainda estiver morna, com a cobertura (ou não) de sua preferência.

Dica2: Se sobrar (acho difícil!), guarde na geladeira para comer no dia seguinte!

Dica3: Utilize uma bisnaga  um saquinho limpo de guardar alimentos com a pontinha cortada ou um recipiente de caramelo/mel (aqueles de colocar em sorvete) e após colocar a massa dentro, faça desenhos, formas e letras sobre a frigideira para brincar e trabalhar o conhecimento das crianças!

 

10336600_1057468277616348_8302179821483339917_n

Cream Cheese Caseiro

Essa receita foi um “tiro certeiro” aqui em casa! Meu filho pedia para comer com o pão no café da manhã, no lanche da escola, na janta… Consequentemente, acabou tudo rapidinho!

É mais uma receitinha da @cozinhe_com_amor, e que eu tenho o prazer de compartilhar com vocês, já que fomos “cobaias” muito felizes!!

IMG_5715

 

Ingredientes:
2 litros de leite (preferencialmente de saquinho)
5 colheres (sopa) vinagre branco ou limão (usei vinagre)
3 colheres (sopa) manteiga
4 colheres (sopa) creme de leite
sal a gosto

Modo de preparo:
Aqueça o leite até levantar fervura. Retire do fogo e acrescente o vinagre (ou limão) até formarem grumos.
Coe (guarde o soro para fazer o pão caseiro) e coloque o queijo no liquidificador. Bata com a manteiga, o creme de leite e o sal por cerca de 4 minutos. A consistência será bem cremosa. Experimente para verificar o ponto do sal e, se preciso, adicione a quantidade necessária, lembrando sempre que mexer bem para homogeneizar todos os ingredientes e deixar o sabor harmônico.

Guarde em recipientes hermeticamente fechados para garantir a qualidade e o sabor do cream cheese por mais tempo!

 

Nhoque recheado ao molho de frango

Eu ia preparar um nhoque simples de almoço quando me lembrei de uma outra receita parecida, porém mais “incrementada”!

O nhoque que lhes apresento hoje pode ter uma variedade enorme (ao final do post faço algumas sugestões), e ele é tão completo que pode ser servido com uma salada e nada mais! Confere aí…

IMG_5930Ingredientes:

Massa:
1kg de batatas (preferencialmente as de casca rosada, pois são mais sequinhas)
1 colher (sobremesa) sal
2 gemas (Não descarte as claras! Congele-as para utilizar outras receitas)
1/2 xícara queijo parmesão ralado
1 1/2 xícaras de farinha (ou o suficiente para dar o ponto)
Queijo mussarela (para recheio)

Molho:
1kg de pedaços de frango (utilize a parte que você mais gostar)IMG_5931
1 cebola média
4 dentes de alho
1 sachê (ou lata) de molho de tomate
sal a gosto

Modo de preparo:
Após lavar e descascar as batatas, cozinhe as mesmas em água com sal. Para um cozimento mais rápido, corte as batatas em pedaços menores.

Quando estiverem macias, reserve a água utilizada e passe as batatas no espremedor e adicione das gemas, o queijo parmesão e a farinha de trigo. Deixe a massa esfriando e faça o molho.

IMG_5933Em outra panela, refogue com um fio de azeite a cebola cortada bem pequena e o alho amassado. Quando estiverem dourados, acrescente o frango, adicione o sal (e outros temperos de seu gosto) e refogue bem. Quando o frango estiver bem cozido, desfie tudo (desfazendo-se da pele, que é muito gordurosa e desnecessária para o molho) e retorne tudo para a panela onde estava sendo feito o refogado. Acrescente o molho de tomate e 1 xícara da água na qual foram cozidas as batatas. Deixe ferver, sempre mexendo para não queimar no fundo. Verifique se o sal e demais temperos estão conforme o seu gosto e acerte o que for preciso. Reserve.

Com a massa do nhoque, faça pequenas bolas, recheando-as com pedaços de queijo mussarela. Coloque-as num pirex untado. Ao final, regue com o molho de tomate e leve ao forno por cerca de 10 minutos (para esquentar tudo e derreter o queijo dentro do nhoque).
Sirva quente e bom apetite!

Dica 1: Caso você tenha intolerância a lactose, não utilize o parmesão na massa e, ao invés de rechear o nhoque com mussarela, acrescente o próprio frango, e faça um molho de tomates apenas.

Dica 2: As opções de recheio e molho são inúmeras. Utilize a sua imaginação!

Dica 3: Você pode substituir o molho de frango pelo de bolonhesa e também fará sucesso com essa receita!

Dica 4: Para um contraste de texturas, acrescente batata palha ao prato quando servi-lo.

Dica 5: Sabe as claras que você reservou para fazer outra receita? Utilize-as para a sobremesa, fazendo um belo merengue ou suspiros. Se não for usá-las nesse dia você pode armazená-las num recipiente fechado em geladeira ou freezer.

IMG_5935

Nhoque de abóbora

Pra mim, abóbora sempre teve relação com doce. Talvez fosse mais uma questão cultural e familiar. Mas resolvi romper as barreiras dos meus próprios preconceitos e, em prol da diversidade na alimentação dos meus filhos (e minha e do meu marido também, claro), encarei essa receita, do @organomix (Instagram), com as devidas adaptações à nossa despensa.

Todos fomos surpreendidos positivamente, e por isso quero dividir aqui a receita, que apresenta a abóbora como alternativa à batata no nhoque.

IMG_5737

Ingredientes:
1/2 abóbora (eu usei a cabotia, mas você pode usar a de sua preferência)
2 xícaras de farinha de trigo
1 ovo
Sal a gosto
Pimenta do reino a gosto
Noz moscada a gosto

Modo de preparo:
Cozinhe a abóbora e amasse-a, formando um purê. Espere esfriar um pouco para que você possa manuseá-lo com as mãos.
Numa vasilha misture o purê juntamente com todos os demais ingredientes até criar uma homogeneidade entre eles.
Polvilhe uma bancada previamente limpa e divida a massa em partes, fazendo “cobrinhas” (as crianças adoram ajudar nessa parte!).
IMG_5734 Depois, corte-as deixando cada pedaço com aproximadamente 1 dedo de espessura. Se quiser, amasse levemente com o garfo.
Leve a massa para cozinhar em uma panela com água fervendo. Quando o nhoque estiver flutuando, retire e separe-o num refratário.
Adicione o molho de sua preferência (nós usamos o tradicional molho de tomate, e ficou uma delícia!)
Polvilhe queijo, leve para gratinar, sirva bem quentinho e faça sucesso!